quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Desapareci,eu sei, mas tem sido difícil vir aqui os dias, ou semanas, estou mesmo na recta final para o inicio de um sonho que nunca pensei que se realiza-se e por isso é um corre-corre.
Quando disser o "sim" e aproveitar a minha lua-de-mel, espero conseguir vir cá mais vezes.
Estou a escassos dias de trocar votos com o meu mais que tudo?Nervos?Imensos.Ansiedade?Muito mais.
E uma valente de uma infecção respiratória bacteriana,que eu não era eu se no dia do meu casamento não estivesse doente. Maaaaaas, pronto, vai correr tudo bem.E mais tarde venho contar, todos os processos dos últimos dias, do dia e da lua-de-mel.
Beijinhos enormes, e quando voltar já serei uma mulher casada :) <3

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Hoje voltei a ser criança, já devem estar a pensar "uau ela deve ter comido daquelas guloseimas que todos nós comemos em crianças" quem me dera digo-vos!
Eu comer até comi, mas foi uma bolachada do chão...
Ora eu a pessoa mais cautelosa do mundo(só que não), ia muito bem pela rua, meto um pé num buraco, torço-o, cai e esfolei o braço.
Juro que aquele buraco apareceu ali ahah.
Ora portanto coisas que acontecem não acham?Concordo com vocês, mas tinha era que ser logo hoje!
Logo hoje porque este Domingo tenho um baptizado e a minha pessoa vai com o braço todo esfolado qual criança em época dos descobrimentos qual quê...
Dói que s´a farta e deita pus, muito bem para mim, ainda vou ter é que por algo a tapar.... enfim.

Por aqui depois de das férias e da volta ao trabalho, venho-vos dizer que o principal do casamento já está ;).
Agora são retoques, nomeadamente a decoração, visto que o nosso tema vai ser a Grécia.
kisses.

sábado, 29 de julho de 2017

Vamos beijar mais?!

Vamos dizer mais que amamos aquela pessoa?
Vamos abraçar mais?
Vamos beijar mais as pessoas que nos enchem o coração?
Vamos fazer rir mais as pessoas que nos rodeiam?^
Vamos dizer mais vezes o quanto as nossas pessoas são importantes para nós?
Vamos partilhar mais momentos com quem realmente nos faz bem?
Vamos fazer mais, dizer mais, beijar, não custa, e amanhã, pode não haver amanhã.




Bom Fim-de-semana.
P.S vamos entrar de férias e portanto o blogue pode ficar um pouco ao abandono.
Beijinhos*

domingo, 23 de julho de 2017

São várias as pessoas que nos dizem que reagimos bem à morte da nossa avó, principalmente a minha sogra... Tento explicar com palavras simples, para não causar trauma, que foi melhor assim, que a nossa avó aparentemente só não estava a sofrer porque estava a morfina, que o corpo já estava morto, e, que os últimos dias só o que a mantinha "viva" era o coração, porque o resto dos órgãos já estavam em falência.

Digo também que apesar de ninguém estar à espera que uma pessoa que nos é tão querida morra, temos que nos mentalizar(mesmo sendo difícil) , que é a vida, e se nem os médicos conseguiam fazer nada, não íamos ser nós que íamos ser capazes de o fazer.

Os últimos tempos que ela esteve connosco(no geral viva) fizemos com que cada dia fosse vivido em paz, que não sofresse fizemos o máximos dos máximos para que ela tivesse uma morte calma e digna, e que não sentisse nada nem sofresse, esse era o nosso principal objectivo, e os médicos conseguiram, agradecemos por isso, por a avó ter morrido em paz.

As pessoas reagem à morte de várias formas e maneiras, temos uma tia do qual o marido morreu em Setembro do ano passado e que por acaso era irmão da nossa avó e que morreu com o problema, que passa os dias a chorar, e que diz que a vida não faz sentido algum.
Não é por nós passar-mos os dias a chorar que gostamos mais do nosso ente querido ou não, cada pessoa tem uma mentalidade completamente diferente da outra e a nós sabíamos de ante-mão, que ,como não ia ter tratamento que ia "sofrer" até se tornar um anjo. Sabíamos disso e por isso chorámos tudo o que tínhamos que chorar enquanto ela esteve entre nós e mais (como disse em cima) fizemos o máximo que podíamos fazer para ela "estar bem".

A verdade e relembrando os últimos dias dela entre nós, sentimos-nos aliviados, e só quem passa por algo semelhante é que acredito que vai compreender.
Saber que ela cada diz que passava estava mais fraca, mais débil e que aquilo nunca ia melhorar mais sim piorar era sofredor para quem a rodeava, por isso digo que não é por nós não chorar-mos agora, que não nos lembramos dela.

É raro o dia em que não me lembro dela, das coisas que me dizia, das vezes em que me chamava de estreleca e isso... Isso ninguém pode apagar da memória, passem os anos que passarem.


sexta-feira, 21 de julho de 2017

E a saga continua...

Depois da situação com o primeiro fotografo, eis que começámos a pedir orçamentos para o nosso queridinho bolo,aliás estamos a ver preços desde Janeiro mas só agora é que começámos a ver mais detalhadamente.
Ora portanto pedi vários orçamentos e digamos que o queridinho do bolo que "queríamos",visto que estamos a pensar desistir da ideia, tem preços de 200 a 400 euros, para 55 pessoas, isso mesmo pasmem-se! O bolo quase que é mais caro que o fato do noivo!Acredito que o bolo dê muito trabalho, mas sinceramente não sou capaz de dar 400 euros por um bolo, muito menos 300!Para mais, o mais barato a senhora não tinha o expositor em acrílico, e eu ,ou tinha que comprar ou alugar num noutro sitio, e o mais caro, também não tinham o expositor em acrílico mas eles conseguiam uma base catita para o bolo...
Ora quem leu o texto deve pensar que eu pedi um bolo com mil andares, ou um bolo de ouro, nada disso!
O bolo é com cupcakes, e dizem-me sempre que tem muito trabalho com os cupcakes, e são estes que encarecem mais o bolo...
Ok, então xau bolo queridinho de cupcakes, e vamos lá ver mais fotos de bolos...

O dito cujo é este:

É lindo não è?Mas também é muito caro, e não quero gastar tanto dinheiro num só bolo!
Faltam-nos a música que nos está a dar uma bela dor de cabeça, que esta gente é cara que s´a farta e pensa que por irmos casar que somos milionários, onde apenas queremos é dar um pézinho de dança.